INGLATERRA APOSTA NO MAIOR CAMPO FLUTUANTE DE PAINÉIS SOLARES DO MUNDO

Em março, o governo brasileiro anunciou que começaria a implantar painéis solares flutuantes nos lagos das represas das usinas hidrelétricas. A iniciativa é sensacional, pois combina duas fontes renováveis e maximiza o potencial de geração de energia.

Mas não é somente por aqui que essa ideia fez sucesso: na Inglaterra, um projeto parecido já vem sendo executado há cinco anos. E neste mês de março, o maior campo de painéis solares do mundo entrou em atividade.

De acordo com o jornal inglês The Guardian, são mais de 23 mil painéis flutuantes instalados no reservatório Queen Elizabeth II, próximo a Heathrow. A energia gerada por eles será utilizada para o tratamento da água que irá abastecer cerca de 10 milhões de pessoas nos arredores de Londres e no sudeste da Inglaterra.

“Este será o maior campo flutuante de painéis solares do mundo por um período. Outros estão em construção”, afirmou Angus Berry, gerente de energia da empresa proprietária do local, a Thames Water, ao The Guardian. “Estamos abrindo o caminho, mas esperamos que outros nos sigam, no Reino Unido e no exterior”, ele disse.

De acordo com Berry, os painéis cobrirão somente 6% da superfície do reservatório e não causarão impactos ao ecossistema do lago. Seis milhões de libras esterlinas foram investidos no projeto, que gerará 6.3MW de energia – o suficiente ao consumo de cerca de 1.800 residências.

Além do Brasil, projetos parecidos estão sendo levados adiante também em Manchester, na Inglaterra, e noJapão. O projeto japonês está previsto para ficar pronto em 2018 e contará com mais de 50 mil painéis solares, gerando 13.7MW de energia.

fonte: http://www.renenergyobservatory.org/singlenews/archive/home/inglaterra-aposta-no-maior-campo-flutuante-de-paineis-solares-do-mundo.html


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon